quarta-feira, 29 junho, 2022

Energisa explica como entender a conta de luz

O inverno está chegando e com as temperaturas mais baixas os consumidores precisam ficar atentos no dia a dia para evitar aumento no consumo de energia elétrica. Entender a composição da fatura é uma das principais dicas para acompanhar o consumo, identificar gastos extras no dia a dia e adotar práticas para economizar.

De forma simples, é possível separar o sistema de energia em três etapas básicas: geração da energia, transmissão e, por último, a distribuição da energia que chega ao consumidor final (residências, estabelecimentos comerciais e industriais).

“Quando a conta chega ao consumidor em uma fatura única, muitas vezes ele não percebe que já estão somados outros valores que compõem a tarifa. Esses valores são arrecadados pela distribuidora, por meio da conta de energia, e repassados diretamente às empresas responsáveis por cada uma dessas fases do processo produtivo da energia”, esclarece Luciano Lima, gerente de Serviços Comerciais da Energisa em Minas Gerais.

No exemplo abaixo, cabe à distribuidora – neste caso a Energisa – apenas o valor de R$ 35,94, correspondente a 16,35% do total da fatura. Com esse valor, a empresa leva energia a mais de 470 mil clientes de Minas Gerais, emprega cerca de 1.000 colaboradores diretos responsáveis pelo atendimento 24 horas por dia, 7 dias por semana, está investindo mais de 112 milhões em 2022 na melhoria, modernização e manutenção da rede e sistema elétrico, além de pagar fornecedores e prestadores de serviço, entre outros compromissos. O restante, que corresponde a 83,65% do valor da fatura, vai para o pagamento de encargos e impostos e para outras empresas que operam no sistema que leva a energia até a sua casa (como as geradoras e as transmissoras de energia), além dos governos federal, estadual e municipal, como é o caso da Contribuição de Iluminação Pública, que é repassada às prefeituras municipais.

Tabela

Descrição gerada automaticamente

 

O consumo em detalhes

Outro ponto relevante são os dados sobre o consumo mensal e diário. Essas informações possibilitam que o cliente faça um comparativo da média de energia consumida em relação aos últimos 12 meses e verifique se está utilizando mais ou menos energia no dia a dia. “Só de ler o consumo em quilowatts e comparar com os meses anteriores o cliente já consegue analisar seu consumo e pode reavaliar os hábitos diários em busca de uso consciente e economia. Mas é importante analisar a quantidade de dias faturados, pois o período de leitura pode variar entre 27 e 33 dias. Essa informação também está disponível na conta”, explica Lima.

 

VEJA TAMBÉM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.